Validação de origem para uma Internet mais segura e estável

30/06/2015

A Costa Rica, com o apoio do Registro de Endereçamento da Internet para a América Latina e o Caribe (LACNIC), transformou-se em um dos primeiros países no mundo em implementar a validação de origem no Ponto Neutro de Troca de Tráfego (IXP).

Essa validação permite fortalecer o tráfego local da Internet e evitar o sequestro de rotas para captura de tráfego com informações sensíveis (contas bancárias, senhas, etc.), envio de SPAM e ataques DDoS, entre outros.

Ao dar este passo importante, o Ponto de Troca de Tráfego da Costa Rica (CRIX) torna-se o segundo IXP da região -por trás do Equador- em criar uma ilha de confiança nacional para a infraestrutura local da Internet.

Mediante uma infraestrutura de chave pública (RPKI, Resource Public Key Infrastructure, por suas siglas em inglês) é possível certificar informações para demonstrar digitalmente que uma organização tem o direito de uso de endereços IPv4 e IPv6. Estas informações são validadas mediante um rotador e é chamada de Validação de Origem.

A certificação de recursos é feita através dos Registros Regionais (RIR) ou os Registros Nacionais conforme o caso. Na Costa Rica, em particular, o processo foi realizado com o apoio do Registro de Endereçamento da Internet para a América Latina e o Caribe (LACNIC).

Até hoje o único IXP que tinha implementado a validação de origem era o do Equador (NAP.EC), que desde setembro de 2013 se tornou um caso de estudo bem-sucedido ao demonstrar que a tecnologia pode resolver problemas operacionais reais em um ambiente que já esteja operacional. O NAP.EC foi conjuntamente com o LACNIC um aliado estratégico para a implementação desse sistema em CRIX.

Mauricio Oviedo, chefe de tecnologias da informação de NIC Costa Rica, afirmou que a implementação de Validação de Origem em CRIX é um passo importante “para uma Internet mais segura e estável” e “como garantia para os usuários nacionais. Isso contribui com os esforços da NIC Costa Rica para promover tecnologias de ponta que irão fortalecer a estratégia nacional de segurança cibernética e promover o desenvolvimento tecnológico na região”.

Suscríbete para recibir mensualmente las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe and monthly receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber mensalmente as últimas novidades no seu e-mail