LACNIC em ISOC, RIPE e IETF

25/11/2016

As regiões da América Latina e o Caribe que não implementem o IPv6 vão ficar “desconectadas” do mundo mais desenvolvido, adverte Oscar Robles, diretor executivo de LACNIC, no painel “Além do acesso: que precisamos uma vez conectados?” que fez parte do encontro Diálogos Regionais da Internet e o Desenvolvimento.

Organizado em Buenos Aires pela Internet Society, o Banco Interamericano de Desenvolvimento e o Ministério das Comunicações da Nação Argentina, este encontro de especialistas em TIC tentou procurar caminhos de entendimento para políticas estratégicas conjuntas que potencializem a conectividade à Internet.

Entre os palestrantes houve consenso em que a conectividade deve estar ao serviço das pessoas para criar oportunidades de desenvolvimento social e humano. Nesse sentido, Robles salientou que “não é qualquer Internet que vai nos ajudar a realizar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, é aquela que nos permita inovar livremente”.

Para o diretor executivo de LACNIC “para que a Internet beneficie a educação e o trabalho, devemos ter uma boa largura de banda na região”. No entanto, apenas o México, Uruguai e Chile estão acima da média de conectividade de 6 MBp/s na região.

No RIP. Laura Kaplan, gerente de Desenvolvimento e Cooperação de LACNIC, participou da reunião RIPE 73 organizada pelo RIR europeio em Madri (Espanha).

Kaplan falou sobre as iniciativas de segurança e estabilidade de LACNIC neste evento realizado em Madri no final de outubro. Confira vídeo: https://ripe73.ripe.net/archives/video/1530/

No IETF. Entretanto, Carlos Martínez, gerente de Tecnologias de LACNIC, e Guillermo Cicileo, responsável pelo Programa de Segurança e Estabilidade da Internet de LACNIC, participaram do encontro do Grupo de Trabalho em Engenharia da Internet (IETF, por sua sigla em inglês) que foi realizado de 12 a 18 de novembro em Seul, Coreia do Sul.

O IETF é a reunião de profissionais das diferentes áreas que definem os protocolos da Internet que irão dar forma à rede nos próximos anos.

Suscríbete para recibir mensualmente las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe and monthly receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber mensalmente as últimas novidades no seu e-mail