LACNIC

Roteamento

Chamada para todos os interessados em instalar cópias do servidor raiz do DNS

30/05/2018

Consonante com sua política de fortalecer a infraestrutura da Internet na região, LACNIC apresentou a chamada 2018 para hospedar cópias anycast de servidores raiz na América Latina e o Caribe.

A chamada, que faz parte do projeto + Raízes de LACNIC, é aberta a todas as organizações da Internet da região, tendo a possibilidade de candidatar tanto IXP (Internet Exchange Points) quanto NAP (Network Access Points).

Com as cópias desses servidores na região pretende-se alcançar um acesso mais resiliente a um dos recursos críticos da Internet como é o DNS. As cópias dos servidores melhoram a redundância e reduzem a criticidade dos recursos, permitindo uma melhor resposta perante potenciais ataques de DDoS ou quaisquer falhas na infraestrutura que deixem inoperantes alguns servidores raiz.

Na chamada do ano passado foram apresentadas 15 propostas. Dessas propostas, três foram escolhidas para a instalação de instâncias dos servidores raiz: no NIC.py, o servidor já está em operação e no Ministério de Segurança do Chile e Transtelco do México estão em processo.

LACNIC coordena as ações com as instituições selecionadas e os provedores dos servidores raiz, além de promover as instalações das novas instâncias de servidores raiz, disse Guillermo Cicileo, responsável pelo Programa de Segurança e Estabilidade da Internet de LACNIC.

Cicileo partilhou detalhes da chamada deste ano durante uma apresentação realizada no evento LACNIC 29 e salientou as vantagens de ter servidores raiz nos países da região.

Entre os benefícios, Cicileo destacou o acesso mais direto a um dos recursos críticos da Internet, como o DNS, uma melhoria na conectividade dos usuários e provedores de Internet locais, uma maior resiliência em caso de ataques e a possibilidade de resolver o DNS em caso de falhas na Internet.

Informações para os candidatos. Na chamada deste ano fica estabelecido que as despesas da hospedagem do servidor, bem como a despesas da largura de banda para o funcionamento da instância do servidor raiz são por conta de cada organização. Além disso, deve fornecer os endereços IPv4 e IPv6 para a interfase e a administração do servidor.

A organização interessada em se candidatar deve ter seu próprio sistema autônomo e recursos IP designados por LACNIC, bem como ter boa conectividade nacional e internacional para publicar os prefixos anycast. Também deverá ser capaz de estabelecer uma sessão BGP com o servidor e publicar para outros peers os prefixos que recebe.

Para participar, os interessados deverão preencher o seguinte formulário http://www.lacnic.net/2831/1/lacnic/