Mudam duas políticas sobre IPv6

30/05/2016

A comunidade de LACNIC acordou consenso sobre duas propostas de mudanças de políticas relacionadas com a administração dos recursos do IPv6 na região, durante o Fórum de Políticas realizado em Cuba. As duas propostas que atingiram consenso estão na instância de últimos comentários na Lista de Políticas (http://www.lacnic.net/lists/policy) antes de sua ratificação pela Diretoria.

A primeira das propostas aprovadas no Fórum, que contou com a participação de 202 pessoas, refere à modificação de designações diretas de IPv6 para usuários finais. Impulsionado por Jordi Palet Martinez da Consulintel, a mudança altera o texto da política para ajustar considerações à realidade do IPv6. Sua proposta elimina alguns dos requisitos solicitados para outorgar endereços IPv6 para usuários finais (confira em: https://politicas.lacnic.net/politicas/detail/id/LAC-2016-4?language=pt).

Também atingiu consenso no Fórum de Cuba outra política apresentada por Jordi sobre designações diretas do IPv6, relacionada com o tamanho e as sucessivas designações diretas do IPv6. Em sua opinião, um plano de endereçamento é suficiente para justificar o espaço, e não faz sentido colocar limitações nas necessidades reais. Desde a ratificação da política, as designações serão feitas em blocos sempre maiores ou iguais a um / 48.

O resto das políticas discutidas no Fórum de Cuba ainda está em discussão na Lista de Políticas e estão relacionadas com a reserva de endereços IPv4 para infraestruturas consideradas críticas ou essenciais para o funcionamento da Internet na região; com a eliminação à referência ao estado “multiprovedor ou não” dos que solicitam endereços; e com a alteração do tamanho de alocação inicial do IPv6.

Novo moderador. O Fórum também elegeu seu novo moderador: o uruguaio Juan Peirano que substitui ao venezuelano Carlos Plasencia.

Peirano trabalha na área de Planejamento de Núcleo de Rede na Telefônica Uruguai, focado basicamente em projetos da rede IP, conectividade corporativa e de clientes.

Antes atuou como analista de recursos de numeração da Internet e oficial de políticas em LACNIC, cargo em que ganhou experiência na administração dos recursos de numeração da Internet (IPv4, IPv6 e ASN), no contato direto com os associados de LACNIC e no estudo profundo do Manual de Políticas. Esteve também fortemente envolvido no Fórum Público de Políticas da região da América Latina e o Caribe e das outras quatro regiões (RIPE, APNIC, ARIN e AFRINIC).

Suscríbete para recibir mensualmente las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe and monthly receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber mensalmente as últimas novidades no seu e-mail