A grande maioria dos associados do LACNIC possui seus contatos de abuso validados

28/10/2021

Oito de cada dez organizadores que utilizam a plataforma MiLACNIC validaram seus contatos de abuso, conforme informou Gianina Pensky, líder de Serviços de Registro do LACNIC, durante o evento  LACNIC 36 LACNOG 2021.  

Por outro lado, 76,6% das organizações associadas através do NIC.BR e 69% das entidades do México possuem seus contatos validados.

De acordo com a política aprovada pela comunidade e ratificada pela Diretoria do LACNIC, a partir de 2021 e cada dois anos, as organizações da região deverão validar os contatos de abuso dos recursos alocados pelo LACNIC.

A política exige que as organizações mantenham seus contatos de abuso de blocos de endereços IPs e ASNs validados e monitorados, dentre outras características.

No mês de novembro começarão as primeiras restrições às organizações que não tenham validado seu contato, advertiu Pensky.

O descumprimento dessa política pode derivar na revogação desses recursos.

Um contato fica validado quando garante o conhecimento do procedimento e das políticas do LACNIC, sempre que o associado tenha realizado a validação de seu e-mail através da plataforma de MiLACNIC.Pensky informou que de 185 milhões de endereços IP alocados pelo LACNIC há apenas 11 milhões com contato de abuso ainda sem validar (6%) em toda a região da América Latina e o Caribe. A grande maioria dos endereços (10 milhões) sem validar pertencem a 25 organizações. A líder de Serviços do LACNIC detalhou em sua apresentação como as organizações podem validar seus contatos de abuso. Mais informações aqui.