Como o IPv6 evoluiu na ALC?

30/11/2021

Um relatório elaborado a partir da pesquisa “Estatísticas e tendências para a implementação do IPv6 na América Latina e o Caribe 2016-2020” liderada pelo LACNIC mostra um crescimento de 18% do IPv6 na região nos últimos cinco anos.

De acordo com o trabalho realizado pela consultoria SMC+ Digital Public Affairs, ainda restam assimetrias no nível sub-regional no desenvolvimento do IPv6. Enquanto a América do Sul (25%) e a América Central (30%) apresentam bons níveis de adoção do protocolo, o Caribe (7%) apresenta dificuldades. No nível global, a América Latina e o Caribe estão em boa posição e mostraram avanços significativos. No entanto, ainda resta um percentual de adoção menor tanto em relação à média global quanto a outras regiões. 

Se o trabalho considerar o número de usuários, a adoção do IPv6 na região era de 3% em 2016, contra uma média global de 8%. Essas percentagens aumentaram para 21% na região e 29% no nível global em 2020, evidenciando um aumento de 18 pontos percentuais entre os dois estudos feitos na América Latina e o Caribe. 

As informações coletadas na pesquisa permitem compreender os avanços e oportunidades que a região apresenta na implementação e adoção do IPv6. 

Além de estatísticas e tendências, a pesquisa aborda o processo das fases de esgotamento do protocolo IPv4 e o trabalho desenvolvido de 2013 até o presente, e as ações e mecanismos liderados pelo LACNIC para garantir a transição do IPv4 para o IPv6. 

Também a incidência dos dispositivos, sua capacidade para usar o protocolo IPv6, suas características, a compatibilidade do equipamento com o protocolo, bem como o conteúdo que se transmite são levados em consideração. 

O estudo incorpora essas considerações e preocupações dos Provedores de Serviços da Internet (ISP) na análise da compatibilidade e capacidade dos dispositivos, juntamente com seu possível impacto na adoção do IPv6. 

Também aborda brevemente as tecnologias emergentes como a Internet das Coisas (IoT), a tecnologia 5G e a computação em nuvem, juntamente com as características do protocolo IPv6 e sua influência potencial sobre elas. 

Leia o relatório completo aqui.

Nos próximos dias vocês também poderão acessar o relatório “O comportamento das operadoras na implementação do IPv6 na América Latina e o Caribe”.

Suscríbete para recibir mensualmente las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe and monthly receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber mensalmente as últimas novidades no seu e-mail