• Newsletter

  • Boletim informativo de LACNIC para a comunidade da Internet

IPv6

Feed
Cambiar tamaño de fuente:

19/12/2018

A força do IPv6

Em 2018, a implementação do IPv6 continua em processo de consolidação na América Latina e o Caribe.  O Brasil –segundo o ranking regional com uma penetração de 27.5% por trás do Uruguai, que tem 31.5% – conseguiu dobrar neste ano o número de usuários finais em relação a 2017.

Duradouro. Para comemorar o Dia do IPv6, LACNIC organizou um webinar de quatro horas de duração em que foram colocados exemplos de boas práticas sobre este protocolo e compartilhadas ferramentas e iniciativas para sua implementação nos países da região.

Em turnê. Para LACNIC, a implementação do IPv6 é uma questão estratégica para o desenvolvimento da conectividade com a Internet e, por sua vez, para conectar milhões de usuários sem acesso à rede. Este ano, o diretor executivo de LACNIC, Oscar Robles, fez visitas de alto nível a operadores, governos, reguladores, instituições de ensino e prestadores de serviços da Guatemala, Honduras e El Salvador para promover a implementação do IPv6 na América Central.

Na mesma linha, Robles também visitou Belize, com o objetivo de acelerar os planos para a implementação do protocolo IPv6 naquele país.

Um desafio bem conseguido. A vencedora da edição de 2018 do Desafio IPv6 de LACNIC foi a Universidade Autônoma de Yucatán do México, organização que participou pela terceira vez deste concurso ideado pela área I+D de LACNIC para promover a implementação do IPv6 nos países da América Latina e o Caribe.