Programa Líderes do LACNIC lança chamada para financiar trabalhos sobre a Governança da Internet

30/09/2020

O programa Líderes 2.0 do LACNIC anunciou a realização de uma chamada para fornecer financiamento e mentoria a pessoas que apresentem projetos de pesquisa sobre temas de Governança da Internet na região relacionados à Internet e a pandemia: o impacto sobre os direitos humanos; inclusão digital; e segurança e confiança.

A chamada estará aberta até o dia 23 de outubro e os interessados ​​em participar deverão preencher um formulário com as características principais de seu projeto. Somente pessoas da comunidade poderão se candidatar e serão aceitas colaborações integradas por mais de um participante.

O Líderes 2.0 planeja disponibilizar recursos de US$ 1500 para cada um dos trabalhos selecionados por um Comitê formado por Raquel Gatto, Nigel Cassimire, Miguel Ignacio Estrada, Kevon Swift e Paula Oteguy. É previsto o financiamento de até 14 projetos de pesquisa. Os vencedores serão anunciados em 4 de novembro.

A chamada é aberta para coordenadores de iniciativas nacionais ou regionais, estudantes universitários, formuladores de políticas, pesquisadores independentes ou técnicos que estiveram envolvidos na governança da Internet em suas comunidades ou que possam demonstrar uma grande capacidade para realizar uma pesquisa de qualidade.

Temáticas A chamada busca desenvolver um compêndio de conhecimentos, estudos e documentos sobre a Governança da Internet. A chamada abrange três áreas temáticas. Na Internet e a pandemia: o impacto nos direitos humanos, busca selecionar trabalhos sobre liberdade de expressão versus censura, proteção de dados e privacidade, questões de gênero, vigilância on-line, acesso as informações verdadeiras ou gestão de notícias falsas e democracia, entre outros.

Em Inclusão Digital, a chamada Líderes 2.0 busca receber projetos que visem não excluir os desfavorecidos da Internet, com foco em trabalhos que busquem eliminar a exclusão digital, incluindo grupos vulneráveis, como os idosos, a conexão de grupos marginalizados, o acesso à Internet de qualidade e acessível, a educação remota equitativa para as crianças, as habilidades digitais e o acesso equitativo à e-saúde, entre outros.

Por fim, o terceiro tema, Segurança e confiança, destina-se ao trabalho em ambientes cibernéticos saudáveis; confiança e mídia; práticas e padrões de segurança cibernética; segurança digital para todos; e segurança, estabilidade e resiliência na infraestrutura da Internet, entre outros.

Além do subsídio de US$ 1500, os candidatos escolhidos pelo Comitê de Seleção terão acesso a um mentor para realizar os projetos selecionados durante um período de três meses e, em seguida, apresentar seus resultados em diferentes formatos (vídeos, animações, podcast, etc.).

O LACNIC dará visibilidade aos projetos vencedores em um espaço de seu site na aba da Governança da Internet.

Líderes 2.0 será apresentado no evento LACNIC 34 LACNOG 2020 e posteriormente será realizado um webinar em 14 de outubro para ampliar as informações aos interessados.

Mais informações aqui.

Suscríbete para recibir mensualmente las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe and monthly receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber mensalmente as últimas novidades no seu e-mail