Institucional

Maior participação feminina na Comunidade Técnica: novas iniciativas do LACNIC

28/11/2019

Como parte de seu compromisso em fomentar a diversidade de gênero na comunidade técnica, o LACNIC liderou um processo de pesquisa em 2019 para identificar barreiras que limitem a participação de mulheres no ecossistema da Internet. Com estes insumos, a organização desenhou novas iniciativas para promover a liderança de mulheres no ecossistema digital da América Latina e do Caribe, com foco, especialmente, em seus espaços e atividades.

Como parte do processo de pesquisa – liderado por Carolina Aguerre e pela consultora Mercoplus – foram identificadas duas ações para fomentar a participação das mulheres nos eventos do LACNIC e uma terceira orientada a revitalizar o espaço IT Women, muito valorizado como um lugar de intercâmbio e de contato profissional.

Uma das primeiras medidas foi o lançamento do Código de Conduta do LACNIC, aplicado a espaços de participação online e presenciais. Este código serve como guia para a comunidade sobre comportamentos inaceitáveis, evitando eventuais situações de assédio e discriminação. “Este código tem o intuito de assegurar que os eventos do LACNIC sejam espaços seguros e inclusivos para todos os membros de nossa comunidade”, afirmou Carolina Caeiro, Coordenadora de Projetos de Desenvolvimento do LACNIC.

Para facilitar a participação de pais com crianças nos eventos do LACNIC, foi oferecido um serviço de recriação infantil nos últimos eventos dos meses de maio e de outubro, deste ano. Esta iniciativa procura mitigar as barreiras que enfrentam algumas mulheres da comunidade a nível doméstico, relacionadas à responsabilidade de cuidados, promovendo, desta forma, que tanto homens quanto mulheres possam levar seus filhos aos eventos do LACNIC.

A terceira iniciativa do LACNIC para atingir maior igualdade de gênero está vinculada à reestruturação de IT Women, o espaço dedicado a fomentar vínculos entre mulheres da comunidade.

Se bem que, de acordo com as pesquisas o IT Woman tem alta valorização, já que permite fazer networking e integrar as novas participantes, houve sugestões para revê-lo e reorganizá-lo, tanto na sua modalidade presencial quanto online.

Nesse sentido, surgiu a necessidade de congregar nos espaços de IT Women a membros da comunidade preocupados pela construção de uma maior igualdade de gênero, bem como ser inclusivos com os homens.

O reimpulso de TI Women incluiu uma sessão interativa de coaching e networking organizada no LACNIC 32, onde cerca de 70 participantes trabalharam tópicos relativos ao desenvolvimento profissional. Além disso foram realizados dois webinars: no primeiro foram apresentadas as pesquisas e ações do LACNIC vinculadas à redução da exclusão de gênero, e no segundo Radia Perlman falou sobre cultura corporativa e ambientes que promovem a diversidade.

Assista ao vídeo de Radia Perlman aqui.

Inscrever-se na lista de Mulheres em TIC aqui.