LACNIC trabalha com autoridades governamentais da região

31/03/2016

LACNIC intensificou sua colaboração com representantes de governos da América Central e o Caribe para que desde as esferas estatais sejam impulsionadas nessa região políticas públicas sobre adoção e implementação do IPv6, após o esgotamento do IPv4.

Nesse contexto de relacionamento, especialistas de LACNIC ministraram oficinas e tutoriais para a Autoridade Nacional para a Inovação Governamental (AIG) do Panamá sobre o protocolo IPv6, interconexão, peering, BGP e RPKI. Também foi elaborado um plano de ação e criado um Comitê de Adoção do IPv6 que visa desenvolver e implementar iniciativas que consigam incorporar a versão 6 do protocolo da Internet no Panamá.

Pretende-se levar adiante iniciativas semelhantes com outros governos da região para poder trabalhar de forma coordenada nas questões da implementação do IPv6.

“Queremos trabalhar com atores de governo para promover a implementação do IPv6, uma vez que eles podem ditar políticas públicas de implementação do IPv6 e, assim, promover a sua adoção na região”, disse César Díaz, Líder de Relações Estratégicas e Telecomunicações de LACNIC.

Nesse sentido, durante o evento de LACNIC em Cuba, será desenvolvido um painel com representantes de governos e autoridades regulamentares da Costa Rica, Panamá e Colômbia para que apresentem seus avanços sobre a adoção e implementação do IPv6.

Comitê do IPv6 no Panamá.- No caso da última visita ao Panamá, além da oficina técnica sobre o IPv6, foi organizada uma reunião de alto nível entre a equipe de especialistas da AIG e LACNIC, e os representantes de instituições estatais com o objetivo de estabelecer um comitê de adoção do IPv6.

Díaz e Guillermo Cicileo, responsável do Programa de Segurança e Estabilidade da Internet de LACNIC, também aproveitaram para conversar com diferentes representantes de empresas, tomadores de decisões e diretores de tecnologia sobre a necessidade de implementar o protocolo IPv6, além de ministrar tutoriais para o pessoal técnico dos ISP e das entidades governamentais.

Os tutoriais e oficinas foram de interesse para todos os participantes, conseguindo uma elevada taxa de participação em questões de Interconexão, BGP, Sequestro de Rotas, RPKI e Peering.

Suscríbete para recibir mensualmente las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe and monthly receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber mensalmente as últimas novidades no seu e-mail