LACNIC

Institucional

LACNIC desenvolve o seu IRR (Internet Routing Registry)

28/11/2019

Por Guillermo Cicileo, Líder de Pesquisa e Desenvolvimento em infraestrutura da Internet do LACNIC

Um Internet Routing Registry (IRR) é um banco de dados de “objetos de roteamento” que permite obter e partilhar informações sobre políticas de roteamento das organizações na Internet. Essas informações podem ser usadas para configurar roteadores, a fim de fazer cumprir essas políticas e, assim, evitar problemas na publicação global de rotas na Internet.

As organizações que publicam informações de roteamento na Internet (sistemas autônomos) definem suas políticas de roteamento em um IRR e outras organizações podem usar essas informações para gerar filtros para o BGP, muitas vezes de forma automática.

LACNIC fez um ótimo trabalho ao adotar o RPKI, uma tecnologia que serve a propósitos semelhantes para a proteção das informações de roteamento. No entanto, existem algumas mudanças recentes que tornam necessário o IRR do LACNIC: O RIPE parou de aceitar a criação de objetos em seu IRR por parte de organizações de outras regiões; os provedores de nível superior intensificaram o pedido aos ISP para que criem seus objetos em um IRR, o que é transladado para os clientes finais dos ISP, muitos dos que têm dificuldade em usar um IRR pago (como o do RADB) . Da mesma forma, a comunidade técnica analisou e discutiu sobre a necessidade de um IRR na região.

O IRR do LACNIC. Levando em conta essas necessidades, o LACNIC começou a trabalhar na criação de um IRR para seus associados.

Assim como mencionado, uma grande implementação do RPKI foi feita na região do LACNIC. Isso permite que os principais objetos de um IRR, rota e rota6 possam ser gerados a partir dos ROA do RPKI, uma vez que são semanticamente equivalentes. Por sua vez, outros objetos como os autnum, maintainers, person, podem ser gerados a partir das informações do WHOIS.

Isto levou a tomar a decisão de que o IRR do LACNIC será gerado automaticamente a partir das informações já disponíveis. Dessa forma, não será necessário que os associados do LACNIC mantenham as informações em dois bancos de dados diferentes.

O sistema, no entanto, permitirá que o usuário especifique os objetos AS-SET manualmente, já que essas informações não existem hoje em outras fontes de informação. Este objeto é usado por muitos operadores para especificar conjuntos de sistemas autônomos que compartilham alguma política de roteamento comum (por exemplo: trânsito, peering, clientes, etc.).

O IRR do LACNIC está sendo desenvolvido no segundo semestre de 2019. Estima-se que uma primeira versão esteja disponível em dezembro deste ano, atingindo uma versão estável em março de 2020.

O sistema será integrado à plataforma MiLACNIC, pelo que todas as organizações que gerenciam seus recursos através dessa plataforma poderão ter acesso ao IRR. O IRR será um serviço novo do LACNIC para seus associados.

Mais informações aqui.