“Os jovens fazemos parte do motor que impulsiona a mudança da Internet”

30/08/2018

Encel Sánchez

Com o apoio do programa Líderes de LACNIC, Encel Sánchez da Venezuela, participou ativamente da reunião do Fórum Regional sobre Governança da Internet (LACIGF), realizada em Buenos Aires (Argentina) no início deste mês.

Sánchez, selecionado como líder youth por ser uma das figuras jovens mais ativas e interessadas em questões de governança da Internet na região, destacou as trocas de posições durante os debates no LACIGF e especialmente as contribuições dos jovens, porque adicionam um olhar renovado à agenda.

Sánchez afirmou que os jovens são um elemento-chave na construção e evolução das Tecnologias da Informação, por isso devem estar cada vez mais envolvidos na preparação e discussão das questões mais relevantes da Internet.

Que avaliação você pode fazer dos assuntos discutidos no LACIGF de Buenos Aires?

Os assuntos de discussão constituíram uma importante agenda para a região na construção de um melhor ecossistema da Internet para a América Latina e o Caribe. Do meu ponto de vista, acho que o foco de debate sobre essas questões esteve intimamente relacionado às necessidades da região em termos de Governança da Internet, com ênfase especial nas situações específicas que apresentamos nos nossos países. Eu acho que esta reunião serve como um impulso para propor uma agenda da América Latina a ser discutida no próximo IGF Global.

Em um nível pessoal, como foi sua participação e o que você destacaria de sua experiência como líder juvenil (youth)?

Pessoalmente, me senti muito motivado de poder participar, ouvir os debates e assistir às sessões, contribuir para a construção e para a discussão de temas relevantes para toda a ALC. Como líder juvenil, percebi um espaço novo que não estava coberto e mais uma opção para expandir nossa participação nesses eventos. A juventude é um elemento-chave na construção e evolução da Internet, principalmente na nossa região, somos os protagonistas da mudança. 

Você recomendaria a outros jovens que se candidatassem às chamadas de Líderes de LACNIC para obter apoio e poder participar desses eventos bem como de fóruns sub-regionais ou nacionais da Internet?

Recomendaria sim, totalmente. A participação nessas chamadas é necessária, devemos aproveitar e ocupar todos os espaços, promover e disseminar esses eventos em todos os aspectos e criar iniciativas semelhantes que ajudem na promoção e participação de todos os jovens. Minha recomendação é que todos os jovens com alguma ideia para mudar a Internet se juntem a estas propostas, se formem e ocupem o espaço de participação nesses eventos em que questões de Governança da Internet são discutidas. 

Você acha que os jovens da região estão se envolvendo nas questões de Governança da Internet?

A participação dos jovens em questões de Governança da Internet vem crescendo nos últimos anos, cada vez somos mais nos unindo a esses temas de discussão, formulamos espaços próprios de debates, criados por jovens e para jovens, nos juntamos a iniciativas que promovem nossa participação e contribuímos com opiniões e materiais de qualidade para ampliar o debate sobre temas relacionados à Internet. Os jovens buscamos e precisamos do nosso espaço dentro do ecossistema da Internet, somos atores, protagonistas da mudança e nossa participação ajuda a construir uma Internet mais livre, mais evolutiva e repleta de ideias novas para a mudança.

Quais são os aspectos mais importantes sobre a Internet que, em sua opinião, deveriam estar em discussão?

Há muitos aspectos novos e revolucionários que estão mudando a Internet de hoje que deveriam estar em discussão, entre eles todos os assuntos relacionados à inteligência artificial, machine learning (aprendizado automático), Internet das Coisas (IoT) e o surgimento das criptomoedas.  A Internet que conhecemos hoje é diferente da Internet de amanhã, e nós, como comunidade interessada nestas questões, devemos andar de mãos dadas com o crescimento dela, e discutir questões que agora são parte da nossa realidade e geram um impacto na sociedade. 

Que iniciativas deveriam ser promovidas para alcançar uma maior participação dos jovens na Governança da Internet?

Temos de promover iniciativas de formação de líderes para jovens na Internet, criar espaços para os jovens onde podamos discutir e criar a nossa própria agenda, promover mais processos de bolsas para apoiar exclusivamente a jovens e, portanto aumente sua participação nos espaços regionais. Também é importante que cenários como YouthLACIGF continuem surgindo a nível local em cada país. Os jovens fazemos parte do motor que impulsiona a mudança da Internet na região e precisamos de mais espaços, precisamos ser ouvidos e transmitir nossas ideias e o que sentimos da mesma forma que qualquer outro ator. 

Suscríbete para recibir mensualmente las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe and monthly receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber mensalmente as últimas novidades no seu e-mail