• Newsletter

  • Boletim informativo de LACNIC para a comunidade da Internet

Gobernança da Internet

Feed
Cambiar tamaño de fuente:

30/04/2015

Aumenta o número de vozes nos fóruns sobre Governança da Internet

LACNIC teve uma participação ativa no Diálogo Regional sobre Governança da Internet realizado na Cidade de San José, Costa Rica e que representou um espaço para refletir acerca da Governança na Internet na América Central e o Caribe.

Durante a primeira versão do diálogo foram gerados espaços para que as múltiplas partes interessadas puderem debater sobre as diferentes questões relativas ao desenvolvimento e ao impacto mundial da Internet, às implicâncias de um mundo interconectado, ao acesso à Internet nas populações mais vulneráveis e à cibersegurança.

Oscar Robles, diretor executivo de LACNIC participou no diálogo conjuntamente com Fadi Chehade, CEO da ICANN; Christopher Painter, coordenador para Assuntos Cibernéticos do Departamento de Estado dos Estados Unidos; Sally Wentworth, VP do Public Policy Development da ISOC; entre outros relevantes.

Para LACNIC é fundamental a participação nos processos de discussão da Governança da Internet sob o modelo “multistakeholder”, ou seja, com a participação dos múltiplos atores e setores interessados nesses assuntos.

Oscar Robles, diretor executivo de LACNIC, comentou durante o diálogo que é “importante estabelecer as questões que realmente são relevantes para a região em matéria de Governança da Internet”, por isso, é muito importante que as múltiplas partes interessadas participem.

Robles acrescentou que é preciso identificar que a “Governança da Internet envolve todas as medidas que nós devemos tomar em prol de todos os povos”. Nesse sentido, existem vários assuntos como neutralidade da rede, direito ao esquecimento, cibersegurança, liberdade de expressão, entre outras que geram certas preocupações. Precisamente, durante o diálogo foram levadas a cabo várias discussões acerca desses assuntos, além da necessidade de dispor de ferramentas e coordenações dos interessados na discussão regional.

Os representantes de LACNIC salientaram a importância de gerar debates locais e regionais sobre as questões da Governança da Internet, sem concorrer com os espaços que já foram desenvolvidos, tais como o LACIGF e o IGF.

“Não há decisões democráticas que sejam simples, nem multistakeholder que sejam rápidos”, disse Robles.

Esta primeira edição organizada no marco da Escola de Governança do Sul representa um passo firme de todos os interessados para continuar o debate dos assuntos chave e poder contribuir nas discussões de instâncias preparatórias regionais como o LACIGF com vistas no IGF.