Vint Cerf: fatores de sucesso da Internet e os desafios para os próximos 50 anos

13/10/2021

Vint Cerf, considerado um dos pais da Internet, participou da abertura do LACNIC 36 LACNOG 2021 e concedeu uma entrevista ao diretor executivo do LACNIC, Oscar Robles, e ao gerente de Tecnologias do LACNIC, Carlos Martínez, fazendo uma análise do passado, do presente e do futuro da Internet.

Cerf lembrou que, em suas origens, acreditava-se que cada rede era única no mundo, e que possuía o espaço de endereços específico dessa rede, “fizéssemos o que fizéssemos”, e que isso era a Internet. Foi então que resolveu-se desenhar um espaço de endereços – chamado hoje em dia de endereços IP – e a capa de protocolo da Internet para que as redes se interconectassem. “O desenho da Internet naquele momento não estava codificado pelo país, ou seja, era plenamente topológico, relatou. 

Apontou que a Internet se propagou rapidamente em vários endereços, por causa da capacidade de transferência da capa de protocolo. Também foi possível inovar na arquitetura, de maneira que, quando foi inventada a transferência em hipertexto, nada mais mudou, podemos dizer a mesma coisa em sentido horizontal, quando foram adicionados protocolos de comunicação em tempo real, bem como outros tipos de mecanismos. “Somente ocupam outro espaço nesta arquitetura de mecanismo sem atrapalhar ninguém, porque é outro tipo de protocolo que funciona vertical ou horizontalmente”, acrescentou Cerf.

Cerf lamentou que um dos erros que faltou corrigir com tempo foi o de não ter adotado a versão 6 (IPv6) antes. “A Internet naquele momento já funcionava há 13 anos, em 1992 percebemos que 4,3 milhões de endereços IPv4 não seriam suficientes. Tomara naquela época a gente tivesse se convencido e percebido acerca da utilidade da rede, antes que ela crescesse, mas foi em meio ao boom da bolha da Internet”, comentou o especialista.

Fatores de sucesso. Segundo explicou Cerf, um dos fatores fundamentais que facilitaram o crescimento da Internet foi o DNS, que permitiu uma enorme expansão do espaço de endereços.

Por outro lado, destacou que desde o começo “trabalhamos de forma colaborativa e cooperativa. Ter uma autoridade central teria inibido a inovação. O fato de possuir uma estrutura distribuída e não hierárquica foi importante para o sucesso da Internet, e continua sendo assim”.

Os próximos 50 anos. Dois dos fatos mais importantes que foram desenvolvidos e que permitiram o crescimento, segundo Cerf, foram o sistema de nomes de domínios e a evolução dos protocolos de gateway, desenvolvidos no começo da Internet.

Após a viagem sobre os diversos elementos técnicos, Robles e Martínez incursionaram no diálogo com Cerf sobre os desafios da Internet em termos gerais para os próximos 50 anos. Acrescentou que parece não haver fim para a quantidade de aplicativos que as pessoas podem inventar, sem falar da flexibilidade de arquitetura. “Os melhores dias da Internet estão por vir”, asseverou um dos pais da Internet atual.

Pensem – disse – na quantidade de dados que podemos conseguir com fibra ótica, assim como no crescimento rápido de satélites de órbita baixa. Esse desenvolvimento se traduz na capacidade de evitar acesso à Internet, já que cada polegada da terra e dos oceanos seria alcançada.

O custo será fundamental para oferecer acesso universal. Como fazer com que a Internet se torne de fácil aquisição? Se bem ela está presente, não é adquirível para todas as pessoas, pois para conseguir acessá-la não depende apenas do custo de acesso, mas também do custo dos equipamentos.