LACNIC

Eventos

Os destacados do LACNIC 32: segurança de roteamento, DNS e servidores raiz na região

18/09/2019

A reunião do Panamá será uma grande oportunidade para conhecer novos projetos de segurança, privacidade e outras questões técnicas relevantes a serem discutidas nos painéis e apresentações do LACNIC 32 LACNOG 2019.

A comunidade técnica da Internet terá a possibilidade de acessar uma agenda rica e enriquecedora da que poderá participar de forma presencial no Hard Rock Hotel Panamá ou assistir à transmissão ao vivo.

Um dos painéis técnicos mais atrativos será o chamado “Evolução da privacidade e segurança do DNS”, um dos pilares fundamentais nos quais a operação da Internet é suportada. Este painel será realizado na terça-feira 8 de outubro às 9h15 (horário local do Panamá) e irá considerar o que tem sido uma preocupação dos técnicos por muito tempo:  a criação e implementação do DNSSEC ou extensões de segurança para o DNS. 

No dia seguinte às 17h15 (horário local do Panamá), Hugo Salgado vai apresentar uma pesquisa financiada pelo LACNIC sobre o impacto na região das cópias de servidores raiz instalados na América Latina e o Caribe no âmbito do programa +Raízes. O trabalho, intitulado “Uso de servidores Raiz do DNS na ALC”, procura determinar a importância desses servidores raiz na estabilidade e resiliência do sistema DNS na região.

No âmbito do projeto FORT, realizado por LACNIC e NIC México para fortalecer a segurança de roteamento e proteger a liberdade da Internet na região, Augusto Mathurin publicará uma análise dos eventos e incidentes de roteamento recentes na América Latina. A exposição – que será na quarta-feira às 10h30 (horário local) – irá expor e analisar as estatísticas coletadas sobre os incidentes de segurança no roteamento nos últimos dois anos. O trabalho de Mathurin contém informações coletadas de várias fontes, como o portal do BGP Stream, que fornece informações sobre eventos suspeitos no sistema de roteamento. Este estudo coleta e visualiza estatísticas, classificando os eventos que ocorreram ao longo do tempo e de acordo com o país em que os sistemas autônomos registrados estão localizados.

Da mesma forma, como parte da iniciativa FORT, Gerardo Pias apresentará ferramentas para a visualização de informações de roteamento e como conhecer e detectar incidentes de roteamento (quarta-feira, às 11h30). Gerardo irá compartilhar instrumentos que ajudam a detectar, mitigar e tomar decisões diante de incidentes de roteamento e, em geral, contribuem para um maior conhecimento da rede e para aprimorar a sua segurança.

Na sexta-feira, 11 de outubro às 14h (horário local do Panamá), Ariel Weher atuará como moderador no painel “Tecnologias para ISP pequenos”. Os participantes relatarão dificuldades que afetam os ISP pequenos, como a falta de acesso às CDN, que geralmente instalam seus serviços em grandes fornecedores, gerando assim uma diferença de custo significativa. Os desafios do acesso aos fabricantes de aplicativos ou equipamentos nas mesmas condições que as grandes companhias também será uma questão a ser discutida.

Confira a agenda completa aqui.

Você pode participar remotamente das atividades mencionadas acima via streaming clicando aqui.

Convidamos vocês a lerem o Código de Conduta da Comunidade do LACNIC, um guia de padrões de conduta aplicáveis a todas as pessoas envolvidas nos espaços de participação.