LACNIC

Eventos

Instituto de Matemática do Brasil vence Desafio IPv6

07/05/2020

O Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) venceu a sétima edição do Desafio IPv6, organizado pelo LACNIC, conforme anunciaram seus organizadores durante o LACNIC 33.

O trabalho apresentado por Felipe Correia e Rosa Ladeira sobre a implementação do IPv6 na rede do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) – um dos institutos de pesquisa do Ministério da Ciência e Tecnologia do Brasil – foi eleito pelo júri como vencedor em um processo muito acirrado por conta da qualidade dos projetos apresentados nesta edição do Desafio IPv6.

O segundo lugar foi para o projeto de Luis Javier Barrera e Javier Soto sobre implementação do IPv6 na Unidade Nacional para a Gestão do Risco de Desastres da Presidência da República da Colômbia.

LACNIC destacou especialmente nesta ocasião o trabalho do Comitê de Seleção – integrado por Azael Fernández, Jorge Villa, Nicolas Antoniello e Alejandro Acosta- para determinar o vencedor. “Foi mais complicado escolher o vencedor pelo valor dos projetos apresentados”, afirmou Alejandro Acosta, integrante do júri do Desafio IPv6 e coordenador da área I+D de LACNIC.

Para esta edição tinham sido apresentadas, inicialmente, cerca de 40 iniciativas, embora algumas delas tenham desistido por causa dos cortes das organizações devido à epidemia do Covid 19.

Entretanto, muitos dos projetos foram tocados para frente e os “dois finalistas continham uma explicação detalhada do trabalho feito, abrangendo um planejamento de endereçamento, testes, configurações, monitoramento, segurança e topologia parcial da rede, entre outros aspectos. Muito conteúdo em gráficos, tabelas e imagens”, acrescentou Acosta.

Desde a sua primeira edição em 2017, O Desafio IPv6 permitiu a muitas organizações da região organizarem sua implementação de serviços com IPv6 e aumentarem substancialmente os serviços com este protocolo a partir do desfio de participar nas edições sucessivas.

FRIDA e +Raízes. Carolina Caeiro, coordenadora de Projetos de Desenvolvimento do LACNIC, informou no LACNIC33 que a partir deste ano o programa FRIDA vai financiar projetos com foco técnico em duas de suas três categorias: Estabilidade e Segurança da Internet e Acesso à Internet. A executiva relembrou que o processo de candidatura estará aberto até o dia 22 de maio e serão outorgados três prêmios de US$ 10.000 mais uma bolsa completa para o LACNIC 34 e aproximadamente umas oitos subvenções por montantes dentre US$ 10.000 e US$ 40.000 para concluir projetos de até 12 meses de execução. Apontou que podem candidatar-se operadoras, universidades e entidades governamentais da América Latina e do Caribe. Inclui IXPs, NOGs, redes universitárias, redes profissionais, entre outros. Por mais detalhes e candidaturas acesse: https://programafrida.net/

Por sua vez, Guillermo Cicileo, Líder de Pesquisa e Desenvolvimento da Infraestrutura da Internet do LACNIC, anunciou que até o dia 17 de maio há prazo para candidatar-se à convocatória do programa + RAIZES para a instalação de cópias anycast dos servidores raiz nos países da região (root servers de DNS).  Acrescentou que o LACNIC coordena com as instituições o host e os fornecedores dos root servers (letras F, I, J, K, L). Por mais informação consulte aqui.