LACNIC e IDRC apresentaram o Ayitic Goes Global nos EUA

30/11/2017

LACNIC e o Centro de Pesquisas de Desenvolvimento Internacional (IDRC) do Canadá apresentaram na Fundação Ford em Nova Iorque (Estados Unidos) os resultados da pesquisa de campo que foi concluída em preparação para a execução do projeto que ambas organizações realizam em parceria, o “Ayitic Goes Global”.

Ayitic Goes Global é uma iniciativa de formação e empregabilidade que impulsiona o desenvolvimento digital de Haiti, ampliando as atividades lideradas por LACNIC no país caribenho desde 2013. Especificamente, o projeto busca aumentar o acesso das mulheres ao emprego no Haiti através do desenvolvimento de capacidades digitais na área da tecnologia da informação.

De acordo com Laura Kaplan, gerente de Desenvolvimento de LACNIC, durante a apresentação na Fundação Ford, está previsto que o projeto irá formar 300 mulheres jovens no Haiti entre 2018 e 2019 para ajudá-las a obter oportunidades de emprego on-line nos mercados estrangeiros.

“Para poder implementar e replicar este modelo em outros países da região, devemos trabalhar sobre a infraestrutura da Internet local para que funcione corretamente. LACNIC é responsável por este componente dentro do projeto, e estamos trabalhando em parceria com a Fundação Transversal em uma série de iniciativas através do ICT Cluster e o desenvolvimento de dois cursos on-line sobre redes e segurança cibernética para técnicos locais”, garantiu Kaplan perante especialistas, consultores, representantes internacionais e membros da diáspora haitiana, em uma atividade realizada no prédio da Fundação Ford em Nova Iorque.

LACNIC e IDRC apresentaram os resultados preliminares de uma pesquisa realizada neste ano com o objetivo de identificar as oportunidades de mercado para as mulheres haitianas que receberão formação on-line como parte do projeto. A pesquisa incluiu um mapeamento das potenciais destinatárias dos cursos e das estratégias pedagógicas a serem desenvolvidas pelos instrutores. Também foram analisados os desafios da conectividade que afetam o Haiti na atualidade.

Ayitic Goes Global incorpora ao trabalho que LACNIC estava desenvolvendo no Haiti, cursos técnicos on-line através de uma plataforma de e-learning, formação para mulheres no gerenciamento de dados digitais e esforços voltados para a inserção das participantes no mercado digital dentro e fora do Haiti.

Também inclui a criação de um cluster de Tecnologias da Informação no Haiti liderado por Max Larson Henry da Transversal. Este cluster articula ações na comunidade técnica local para fortalecer o ecossistema da Internet no Haiti.

A rodada de Nova Iorque procurou apresentar a iniciativa perante potenciais novos sócios do projeto, validar os resultados da pesquisa e avançar na busca de soluções comuns aos problemas sociais e econômicos de alguns dos países mais vulneráveis da América Latina e o Caribe.

Além de LACNIC e o IDRC, fazem parte deste projeto a Escola Superior de Infotrônica do Haiti, os consultores locais Max Larson Henry, Christelle Valval, o Caribbean Open Institute da Universidade de West Indies (Jamaica) e as consultoras 3×3 Design e Slashroots.

Suscríbete para recibir mensualmente las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe and monthly receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber mensalmente as últimas novidades no seu e-mail