FRIDA e Ayitic no IGF de Paris

29/11/2018

LACNIC participou ativamente do Fórum de Governança da Internet (IGF), realizado na sede da UNESCO em Paris, através de seu programa FRIDA (Fundo Regional para a Inovação Digital na América Latina e o Caribe) e do projeto Ayitic Goes Global.

Da mesma forma, os representantes de LACNIC nesta cúpula global da Internet também procuraram promover o diálogo entre iniciativas de redes comunitárias na região e financiadores internacionais, com o objetivo de discutir estratégias para facilitar a conexão de comunidades que carecem de acesso à Internet.

Premiados em Paris. Com seus sócios da Seed Alliance, a aliança formada com ISIF Ásia da APNIC e FIRE de AFRINIC, LACNIC organizou uma cerimônia para entrega dos Prêmios FRIDA 2018 Awards às iniciativas Atalaya Sur (Argentina), Editatona (México) e Promovendo carreiras de TICs em adolescentes do ensino médio (Uruguai), projetos vencedores por estar direcionados a reduzir a divisão digital e a lacuna de gênero em tecnologia na América Latina e o Caribe. Conheça os vencedores aqui.

Alternativas comunitárias. A equipe de LACNIC no IGF organizou uma oficina sobre redes comunitárias em que procuraram promover o diálogo entre financiadores e promotores desse tipo de iniciativa de conexão à Internet. A oficina chamada “Escalando as redes comunitárias: estratégias de investimento” teve uma forte presença de representantes de redes comunitárias da América Latina, entre elas Colnodo (Colômbia), Coolab (Brasil) e Altermundi e Atalaya Sur (Argentina).

Levando em conta que as redes comunitárias provaram ser uma alternativa para conectar os desconectados, buscou-se que seus financiadores e promotores tentassem estabelecer prioridades para amplificar esses projetos em maior escala. Durante os debates destacou-se que o trabalho das redes comunitárias tem um componente humano que é fundamental para o sucesso do projeto, além da tecnologia utilizada. Os promotores das redes pediram aos doadores que apoiassem a exploração de estratégias por parte do movimento de redes comunitárias, já que o problema de conectar os desconectados é muito difícil e nem o mercado conseguiu resolvê-lo.

Também propuseram que os financiadores apoiem grupos de redes comunitárias, uma vez que colaboram entre si e enfrentam muitos desafios comuns. Eles também enfatizaram que, além do apoio financeiro, é importante impulsionar avanços em questões de regulamentação e/ou acesso a fundos universais para tornar as redes sustentáveis ao longo do tempo.

Ayitic flash. LACNIC também aproveitou esta Cúpula Mundial da Sociedade da Informação para informar sobre o andamento do projeto Ayitic Goes Global. Carolina Caeiro, coordenadora de projetos de desenvolvimento, e Kevon Swift, líder de Relações Estratégicas e Integração de LACNIC, fizeram uma breve apresentação em formato lightning para os participantes do IGF.

Suscríbete para recibir mensualmente las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe and monthly receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber mensalmente as últimas novidades no seu e-mail