Aprendizados para o LACNIC: O que deixou a Ayitic Goes Global?

28/11/2019

Por Carolina Caeiro, Coordenadora de Projetos de Desenvolvimento, LACNIC.

LACNIC está comprometido em promover o papel transformador da Internet como ferramenta para impulsionar a inclusão social e o desenvolvimento econômico da nossa região. 

Ayitic Goes Global procurou precisamente esse objetivo: fortalecer o papel da Internet como catalisador de mudanças no contexto do Haiti. 

O projeto esteve focado em dois objetivos-chave: promover o desenvolvimento da Internet no Haiti, e integrar uma nova geração de mulheres haitianas no mundo da tecnologia e da economia digital. 

LACNIC conclui esta iniciativa ganhando três aprendizados-chave: a importância de acompanhar as comunidades locais para promover a adoção da Internet, o poder transformador da tecnologia para empoderar as mulheres na região e o potencial da capacitação on-line para a América Latina e o Caribe.

Consolidar o desenvolvimento da Internet no Haiti 

Em 2018, a penetração da Internet no Haiti atingiu aproximadamente 15%, significativamente por baixo da média da região, que é acima de 60%. Da mesma forma, o impacto humano e econômico do terremoto que atingiu o Haiti em 2010 deixou a comunidade técnica local profundamente afetada.

Como uma entidade como LACNIC pode contribuir para o crescimento da Internet no Haiti ou em outros países da região que enfrentam desafios semelhantes? LACNIC optou por treinar e promover articulações entre a comunidade local de profissionais técnicos.

Ayitic Goes Global trabalhou com Max Larson Henry – líder experiente da comunidade técnica – e com a Escola Superior de Infotrônica do Haiti no treinamento de cerca de 150 profissionais técnicos em gerenciamento e segurança de redes por meio de cursos on-line. Os cursos foram incorporados ao Campus do LACNIC, em que mais de 3000 alunos da região puderam se beneficiar desses conteúdos.

Paralelamente, e a fim de promover a articulação entre os profissionais técnicos do Haiti, foram organizadas uma série de capacitações complementares sobre implementação do IPv6, segurança e troca de tráfego. Como resultado, o ponto de troca local foi fortalecido com a implementação de novas técnicas de gerenciamento; dois provedores de serviços da Internet receberam assistência técnica para a implementação do protocolo IPv6 na sua rede e, talvez, o mais importante, várias empresas locais agora têm técnicos melhor capacitados.

O principal aprendizado do trabalho de LACNIC no Haiti foi a importância de acompanhar as comunidades locais no fortalecimento de suas capacidades técnicas e na consolidação de ambientes colaborativos. Este projeto contribuiu para fortalecer o nível de preparação e a articulação do ecossistema local para sua implementação contínua e gradativa no futuro.

Mais mulheres do Haiti na tecnologia

O acesso à Internet e às habilidades digitais nos permitem, por exemplo, fortalecer nosso próprio empreendedorismo, trabalhar remotamente ou melhorar nossas oportunidades de acessar um emprego. Em um contexto de alto desemprego que afeta desigualmente as mulheres, Ayitic Goes Global procurou contar com o poder inclusivo da tecnologia para empoderar mulheres no Haiti. 

Ayitic Goes Global e seu foco nas mulheres permitiram documentar o grande impacto da inclusão digital em transformar papéis de gênero. As participantes do programa destacaram como o projeto conseguiu empoderá-las perante familiares e círculos sociais, onde suas novas habilidades e oportunidades de trabalho que elas acessaram deram conta de sua capacidade e vontade. 

Ayitic Goes Global permitiu a LACNIC comprovar como intervenções focadas exclusivamente em mulheres têm um alto impacto na transformação de dinâmicas de gênero no ecossistema tecnológico e na promoção da equidade. A organização vai tentar replicar este efeito no desenvolvimento de futuras iniciativas de gênero. 

A capacitação on-line como estratégia de impacto na LAC

O desenvolvimento de habilidades técnicas é um item central do trabalho do LACNIC. Em termos de escalamento, a organização vem apostado fortemente nas capacitações virtuais através de seu Campus on-line.

Ayitic Goes Global mostrou que, mesmo em contextos como o haitiano com baixa conectividade, acesso limitado a equipamentos digitais e desafios de acesso à eletricidade, a capacitação on-line continua sendo uma opção viável. Os cursos para mulheres tiveram um alto nível de aproveitamento, com apenas 3% de abandono e uma taxa de graduação de 85%. No caso das capacitações a técnicos, a percentagem de graduados foi de cerca de 60%.  

Para LACNIC, esse aprendizado de Ayitic Goes Global confirma o valor de apostar à capacitação on-line como uma ferramenta para capacitar a escala, mesmo em países com públicos que enfrentam desafios semelhantes aos observados no Haiti.

Passos a seguir

O trabalho em parceria com múltiplas organizações locais e regionais foi fundamental para o sucesso do projeto e provou sê-lo também para a continuidade da iniciativa.

Os esforços iniciados pela Ayitic Goes Global continuarão nas mãos dos parceiros do programa.  O Caribbean Open Institute, entidade encarregada de organizar os cursos de habilidades digitais para a empregabilidade, fechou um acordo com o Google para levar as capacitações a mais de 5 países da América Central e do Caribe, incluído o Haiti.   Da mesma forma, a Escola Superior de Infotrônica está apoiando as graduadas do programa para continuar as atividades de busca de emprego por meio de plataformas on-line. Do outro lado, LACNIC planeja continuar apoiando a comunidade técnica local e aproximando os profissionais técnicos haitianos da comunidade imediata do LACNIC.

Mais informações aquí.