LACNIC

Casa de Internet

A ICANN anuncia um plano preliminar para continuar com a rotação da KSK.

28/02/2018

A ICANN abriu um período de comentário público formal  para receber as contribuições da comunidade sobre um plano [PDF, 93 KB] preliminar para continuar com o projeto da rotação da KSK. O período para apresentar comentários vencerá em 1 de abril de 2018 e serão recebidos todo tipo de comentários.

No plano, propõe-se realizar a rotação da KSK da zona raiz em 11 de outubro de 2018 (um ano após a data inicialmente planejada), continuar com as atividades de divulgação para notificar o maior número possível de operadores de resolvedores, e publicar mais observações dos dados do relatório sobre âncora de confiança da RFC 8145. Para mais informações, confira o plano.

Também se planeja realizar uma sessão durante a reunião ICANN61 em Porto Rico para continuar analisando o plano e obter mais contribuições.

O plano concorda com a publicação de final de dezembro em que a organização da ICANN anunciou os próximos passos no processo de retomada do projeto da rotação da KSK. Descreveram seus esforços para localizar os operadores de resolvedores do DNS que ainda não estavam prontos para a rotação.

Seguindo um protocolo descrito na RFC 8145, esses resolvedores problemáticos informaram aos servidores raiz de uma configuração de âncora de confiança aplicável apenas à atual KSK (denominada KSK-2010) e não à KSK mais nova (denominada KSK-2017).

Na publicação de dezembro, também foi detalhada a dificuldade para contatar os operadores, foi apontado que, nas ocasiões em que foi possível contatar um operador, descobriam diferentes causas de sua demora na configuração.

Em conclusão, esses resultados não foram muito úteis para esclarecer quais deviam ser os próximos passos para mitigar as causas específicas, nem forneceram orientação sobre como transmitir a mensagem apropriada. Considerando essa situação, a ICANN anuncia a sua intenção de solicitar as opiniões da comunidade sobre os critérios aceitáveis para avançar com a rotação da KSK.

A partir daquela publicação em dezembro, foi realizado um dinâmico debate entre os membros interessados da comunidade. Durante esse debate, foi acordado que não há uma forma de medição precisa do número de usuários que seriam afetados pela rotação da KSK, inclusive sob a presunção de poder dispor de melhores medições para futuras rotações da KSK.

Todos aqueles que participaram das conversas acharam que a organização da ICANN deveria proceder com a rotação da KSK da zona raiz no momento certo, e continuar com suas iniciativas de divulgação e alcance para informar sobre a rotação a um público tão amplo quanto possível.

A ICANN espera continuar trabalhando com a comunidade no que tange à rotação da KSK da zona raiz.