LACNIC

Capacitações

Capacitação de policiais para combater o crime na Internet.

29/02/2016

Especialistas de LACNIC ministraram capacitações para o pessoal da Interpol e pesquisadores de agências policiais da região sobre cibersegurança.

Cerca de 70 policiais e agentes de segurança receberam capacitação e ferramentas para combater crimes on-line em dois cursos e oficinas ministrados por profissionais de LACNIC.

Uma das capacitações foi realizada em Buenos Aires durante a ICANN 53.   Nessa ocasião, especialistas de LACNIC expuseram perante 30 funcionários de diferentes agências de segurança em uma oficina sobre o abuso de DNS e as melhores práticas operacionais.

Na palestra falaram Guillermo Cicileo, responsável pela Segurança e Estabilidade de LACNIC, e Graciela Martínez, Responsável pelo WARP, e trataram aspectos da designação de endereços IP relevantes para os pesquisadores: o sequestro de rotas,  recursos úteis para a polícia (whois, consulta ao DNS inverso e outros ) e como as agências policiais podem usar o WARP de LACNIC.

“A capacitação foi muito interessante, foram compartilhadas diferentes experiências de gestão de incidentes de segurança, preocupações e desafios acerca do Cibercrime”, afirmou Graciela.

Foi uma oportunidade excelente para que as agências policiais pudessem conhecer as possibilidades de informação fornecidas por LACNIC, bem como obter um ponto de contato para poder reportar os incidentes.

A segunda capacitação para combater o cibercrime foi um curso para pesquisadores de exploração sexual infantil on-line, realizado nas instalações da Interpol Argentina, também no ano passado. Ali, perante 40 policiais e agentes de segurança da região, falaram em nome de LACNIC Andrés Piazza, responsável das Relações Externas; Carlos Martínez, gerente de Tecnologia e Guillermo Cicileo, responsável de Segurança e Estabilidade.

“Achamos que a apresentação dos diferentes assuntos teve boa repercussão, muitas consultas e muito interesse em continuar colaborando”, apontou Martínez.